Juros compostos – O que são e como você pode começar a utilizá-lo?

Se você quer saber o que são os juros compostos e como eles influenciam nos investimentos? Esse post então é perfeito para você.

Aqui irei apresentar desde o que são os juros compostos, sua diferença com o juros simples, para que eles servem e claro, como eles são utilizados nos investimentos.

Boa leitura!

O que são Juros Compostos?

De maneira bem simples, juros compostos são taxas ou lucros que acontecem mensalmente.

Se você deve para o banco, então será taxa, mas se você investir com juros compostos, será lucro.

Assim, o valor tende a crescer muito mais rápido do que acontece com os juros simples.

Mas, no caso de uma dívida, os juros compostos são bem perigosos, mas, no mundo dos investimentos, eles são excelentes.

Diferenças entre os juros simples e os juros compostos?

A diferença mais básica entre os juros simples e o juros compostos é a maneira que ele é calculado.

No juros simples, a taxa é aplicada somente no dinheiro que você depositou inicialmente.

Por exemplo, se você investir R$ 1000 e os juros for de 10% ao mês, você irá ganhar R$ 100,00 em janeiro, R$ 100 em fevereiro e assim por diante.

Já no juros compostos, ela é aplicada sempre ao valor atualizado do último mês.

Assim, mantendo o exemplo anterior, se você investe R$ 1000 e os juros compostos for de 10%, então será R$ 100 de lucro em janeiro, com R$ 1.100, o lucro será R$ 110 em fevereiro e assim por diante.

Ou seja, você ganha juros sobre juros.

Notou a diferença? O valor cresce mais com os juros compostos e é justamente com ele que você pode contar para fazer o seu dinheiro crescer com os investimentos.

Como os juros compostos funcionam nos investimentos?

– CDB:

A sigla CDB significa Certificado de Depósito Bancário.

Estamos falando de um título emitido por um banco ou mesmo uma instituição financeira que vai usar o dinheiro para emprestar a outros clientes.

Nesse caso, a instituição vai pegar o dinheiro emprestado e você para emprestar para outras pessoas que pedem empréstimo.

As taxas de juros irão variar de acordo com a empresa que você optar por emprestar o dinheiro e também de acordo com o modelo disponível, que são:

  • Prefixados, que tem a taxa definida na hora de você fazer o aporte;
  • Pós-fixada, que acompanha o CDI, que fica próximo ao Selic;
  • Híbridos, composto por uma taxa prefixada e pelo resultado do indicador IPCA.

Além de avaliar bem a rentabilidade, é necessário conferir o prazo necessário para você aplicar o dinheiro e a liquidez.

Em muitos casos, existe a liquidez diária, que te permite resgates antecipados.

O ideal é que você descubra qual é o valor mínimo do aporte para o investimento.

– LCI e LCA:

As LCI – Letras de Crédito Imobiliário e do LCA – Letras de Crédito Agronegócio são títulos parecidos, mas a finalidade dé diferente.

A maneira de rentabilidade também é bem parecida com o CDB.

Mas, uma grande diferença em relação a ele é que não existe incidência de Imposto de Renda sobre os dois investimentos.

Entretanto, o valor mínimo para o investimento é maior.

Além disso, a liquidez do LCI e LCA é elevada, mas não é uma alternativa se você vai tirar o dinheiro antes.

– Tesouro Direto:

O Tesouro Direto são alternativas para aqueles investidores que desejam ter maior segurança, já que possuem um risco menor do mercado.

Atualmente existem três tipos:

  • Prefixado;
  • Selic, que são os rendimentos atrelado à taxa Selic.
  • IPCA, título de longo prazo que está atrelado ao IPCA + taxa fixa.

Todos têm uma liquidez diária, então ela permite que você resgate a qualquer momento.

Contudo, o prefixado e o IPCA podem acabar sofrendo risco de perda nos saques antes de sair o vencimento.

– Renda variável:

Na renda variável, a ação dos juros compostos acabam acontecendo de maneira indireta.

Isso acontece porque não tem como projetar a cada mês a sua variação e nem ter a certeza de quanto será o resultado.

Assim, aqui ela não tem nenhum tipo de previsibilidade.

 

 

Depois desse post, tenho certeza de que você tem tudo o que precisa para compreender o que são os juros compostos e como eles são importantes nos investimentos.

Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe uma mensagem no espaço dos comentários para que eu possa lhe ajudar.

Grande abraço e te espero no meu próximo post.