Investir em ouro – Quais são as maneiras e os riscos

Quer saber quais são as possibilidades de você investir em ouro? Então se prepare, pois nesse post irei apresentar todas as maneiras possíveis de se investir em ouro e claro, quais são os riscos que você corre.

Boa leitura!

Investir em ouro – Quais são as maneiras e os riscos

#1 – Ouro físico:

A primeira maneira de você comprar ouro para poder investir é através das distribuidoras especializadas.

Aqui você vai adquirir as barras ou moedas e aguarda a valorização do metal no mercado.

Certamente, a sua maior dificuldade vai ser guardar esse ouro em um lugar seguro.

É comum, por exemplo, recorrer as empresas que aceitam o depósito e depois você paga um serviço de custódia.

O ponto positivo aqui é a acessibilidade do investimento, que não precisa ser de alto custo.

Só não esqueça que a precificação do ouro é realiza em dólar.

#2 – Exchange Traded Funds:

Os ETFs são os fundos de investimentos utilizados para espalhar o desempenho do índice geral do mercado.

Recentemente essa opção surgiu na Bolsa de valores com o perfil de GOLD11.

Nesse caso, estamos falando de uma empresa que tenta acompanhar os preços do ouro em dólar

#3 – Contratos futuros:

Os contratos futuros são os acordos de compra de outro que tem um preço prefixado.

Nesse caso, na data de vencimento, o comprador vai receber a quantidade que ficou acordado e arca com o valor que foi estipulado em contrato.

Na B3, por exemplo, você pode adquirir o ativo através do código de negociação OZ1.

Cada um dos contratos equivale sempre a 250 gramas do ouro fino, que fica com a empresa que foi credenciada pela bolsa de valores.

Esses tipos de contratos são muito utilizados para se proteger das variações do mercado, já que os preços são pré-acordados entre as partes.

Mas, a dificuldade aqui entra para os pequenos investidor, já que é importante o volume financeiro para adquirir um contrato.

#4 – Investir em ouro – Contratos à vista:

Outra maneira de você investir em ouro é através de contratos à vista. Diante desse caso, é possível negociar frações do contrato.

Tanto os contratos futuros quanto os contratos à vista podem ser obtidos em corretoras de valores e também em bancos.

#5 – Fundo de investimento:

Os fundos de investimentos de um capital de maneira direta ou indiretamente, que é dividido entre os cotistas.

Nele, o gestor vai precisar manter as carteiras compostas com investimentos ligados ao metal, como os contratos à vista e também contratos futuros.

Normalmente, esses fundos de investimento são fornecidos por corretoras e por bancos.

Quais são os riscos de se investir em ouro?

Certamente o principal risco de se investir em ouro é a queda do preço.

Se o valor final do ouro cair, os investimentos baseados nesse ativo irão sofrer um impacto.

Uma das maneiras de você acompanhar a valorização e a desvalorização do ouro é a taxa de juros.

Além disso, o preço do ouro é influenciado por condições econômicas externas, principalmente o dólar.

Portanto, fique sempre atento à cotação da moeda estrangeira.

Assim, o ideal é que você faça uma diversificação para poder minimizar as perdas ou mesmo minimizar a exposição dos riscos da sua carteira em razão de impactos negativos sobre alguns investimentos.

Qual é o melhor momento para investir em ouro?

Investir em ouro é uma maneira de diversificar muito bem a sua carteira, já que o ouro é uma das formas de você resistir às crises.

Assim, ele tem a possibilidade de valorização pelo aumento da demanda por ele para proteção de patrimônio.

Aliás, ele acaba contando também com um valor intrínseco, sendo utilizado em componentes eletrônicos, joias, entre outros.

O foco do investimento em ouro é sempre pensando na inflação.

Para o pequeno investidor, a desvalorização do real acaba afetando diretamente o seu salário e o ouro é uma ótima maneira de se proteger.

Assim, aumentar os seus investimentos em ouro pode acabar minimizando os riscos da sua carteira, desde que a quantidade seja razoável para o seu perfil.

 

 

 

Depois desse post, tenho certeza de que você compreendeu tudo sobre como investir em ouro e quais são os riscos.

Caso tenha ficado com alguma dúvida, deixe uma mensagem no espaço dos comentários para que eu possa lhe ajudar.

Grande abraço e até o próximo post.